terça-feira, 16 de setembro de 2008

Menu Açores





A Taberna fechou em Agosto. Alguns de vocês acham que fomos de férias. Nós? Uns mouros de trabalho? Nunca! Fomos em investigação.
E para vos provar decidimos esta semana fazer, à nossa maneira, o que consideramos ser os melhores pratos açorianos.

Esta não foi uma investigação fácil. Aliás chegamos a colocar a nossa vida em risco a fugir de touros, em touradas à corda, para descobrir o sabor de favinhas com molho de unha. Fomos alpinistas e subimos a maior montanha de Portugal, o Pico, só para provar o vinho Basalto. Tivemos de fazer caça submarina a mais de 15 metros de profundidade, e apneias longuíssimas para pescar as melhores abróteas escondidas em buracos. Ordenhamos cabras e vacas para vos trazer um queijinho fresco com massa de malagueta. Tivemos de comer mais de 100 tipos de morcelas, linguiças, torresmos, alcatras e beber vários tipos de licores e aguardentes em touradas e outras festas populares para vos trazer o melhor dos melhores. E fizemos isto todos os dias sem parar.
Ainda chamam a isto férias? Ai as saudades que temos do nosso antigo trabalhinho calmo atrás de uma secretária!

Tremoços
Favas de Unha
Manteiga dos Açores à moda da taberna
Queijo Fresco com massa de malagueta
Torresmos

Filetes de Abrótea
Polvo Guisado
Morcela com Nanaz DOP e Linguiça com Inhame
Alcatra
Queijos de três ilhas com compotas

Queijadas várias
Vinhos: Frei Gigante da Graciosa e Basalto – Pico DOC
Licores regionais: Mel do Pico, Maracujá, Amora

8 comentários:

L. disse...

ah, caraças, que menú poderoso. fios de baba suspensos sobre o teclado.

Anónimo disse...

Voces tao a perder a cabeça!
Caganda trabalho
VOu la jantar hj!
Abraço
FB

Anónimo disse...

Infelizmente não vou poder apreciar este menu.Fico triste, principalmente depois de ver que foi uma dura pesquisa. AHAHAHAH!
Mas depois desta pesquisa aprofundada, (lol) de certeza que a imaginação está muito mais rica e não perderei a opurtunidade de me deliciar.

Inté

Inês

Anónimo disse...

Amei as fotos! Também quero uma t-shit destas!!!
Assim espero deliciar-me também com o menu...

Bjs,
Até logo!

PC

Madame Giselle disse...

Favas de unha?

Entendi UNHA?

Entende-se UNHA como aquela parte do corpo, localizada vulgarmente na periferia, ou interiomente como um teratoma, semi rigida, composta por queratina e vulgarmente sujeita as mais diversas agressoes e patologias, nomeadamente micoses?

Eu não sou muito esquisita... mas não consigo ver uma associação entre favas e unhas!

cide disse...

... voçes sao de chorar por mais, tremenda imaginaçao, bom conceito, e escrita de primeira água... da madeira, 1grande abraço e continuaçoes do vosso bom perfil e abordagem das artes gastronomicas...

Anónimo disse...

da para actualizar o MENU????

Tuga 39 disse...

Eu bem gostava de provar as vossas iguarias mas nos últimos 3 meses tentei marcar umas 4 ou 5 vezes e levo tampa porque está sempre cheio.
Os vossos amigos devem gostar tanto que fazem da taberna cantina.
Corram com os gajos para libertar mesas para os demais gastrónomos interessados...