segunda-feira, 23 de janeiro de 2012

Melhor menu de degustação em Portugal

Depois de muitos testes, apresentamos o primeiro menu de 2012. Explicando cada prato, que demorou semanas a pensar e meses a testar:



1. O Caldo de feijão, com o coração partido, enfrascou-se na cachaça.

Com alguma influência Brasileira, para onde todos os tugas estão a fugir, nós decidimos, para aqueles que ainda não foram para o exílio, dar um cheirinho do que há por lá. Um caldo de feijão preto, acompanhado de um copito de cachaça envelhecida e de um coração espetado, com redução de água de tomate (o ketchup mais puro que existe).

2. O Regresso ao futuro II do Trio Eléctrico. Este clássico prato taberneiro servido na versão original e noutra que viajou ao futuro e regressou.

3. O Salmão derreteu-se com a batata e o queijo com bróculo. Um prato romântico, que descreve o amor entre um salmão e uma batata e de um queijo com um bróculo. Sei o que estão a pensar: Um queijo e um bróculo apaixonados? Se acham mal, é por que são preconceituosos. Aqui, na taberna, o amor é independente do sexo.

4. Tornedó de perú com um nabo armado em cogumelo mágico. Umas brincadeiras à volta das drogas psicadélicas dos anos 70. Infelizmente não pudemos utilizar LSD nos pratos. Ainda tentamos usar, para subsituir outros componentes ácidos (perceberam? Ácido? - piada só para drogados!), mas como fecharam todas as smart shops usamos vinagre.

5. O Eusébio teve alta e está firme como uma pêra rocha. Depois do susto que passamos em Dezembro - não falo da crise - decidimos homenagear novamente o Eusébio. Com esta já vamos em 452397 homenagens e esperamos bater o record, no seguimento da maravilhosa cultura portuguesa onde temos a maior feijoada do mundo e maior concentração de pais natais no Porto. Força Pantera. Ainda nos deves uma visita. Talvez quando fizermos a 999999 homenagem.

Sem comentários: