quinta-feira, 18 de dezembro de 2008

Não somos nós que dizemos (parte 2)

"Jantei este sábado na Taberna e ainda vêm a tempo de ser o melhor restaurante do ano!! Soberbos paladares, soberbos casamentos (o que hoje em dia é difícil...) e o preço - até a crise convida.
Parabéns aos engenheiros do palato e como dizia a Dora que foi à Eurovisão, "Voltarei!"

Inês Meneses"

Obrigado Inês.

terça-feira, 9 de dezembro de 2008

Não somos nós que dizemos

http://oportugalgenial.blogspot.com/2008/11/2780-o-cdigo-postal-antigo-mas-o.html

Os vinhos da semana são do Monte Seis Reis


Os vinhos da primeira semana em que estamos a servir o Menú de Natal são de Estremoz do Monte Seis Reis. Podem consultar as fichas técnicas e mais informação sobre o Monte no site www.seisreis.com
V I N H O:
Branco, Boa Memória 2007
Classificação: Vinho Regional Alentejano
Castas: Arinto, Antão Vaz e Fernão Pires
Região: Alentejo - Estremoz

V I N H O :
Tinto, Boa Memória 2006
Classificação: Vinho Regional Alentejano
Castas: Aragonez, Trincadeira, Alicante Bouschet
Região: Alentejo - Estremoz
Área Total da Vinha: 50 Hectares
Tipo de Solo: Limo-argiloso
Vol. Alcoólico: 13,5% Vol.

V I N H O:
Tinto, Bolonhês 2006
Classificação: Vinho DOC Alentejo
Castas: Aragonez, Alicante Bouschet e Trincadeira
Região: Alentejo - Estremoz
Área Total da Vinha: 50 Hectares
Tipo de Solo: Limo-argiloso
Volume Alcoólico: 14 % Vol

Natal Taberneiro




terça-feira, 2 de dezembro de 2008

Menu Encosta do Sobral

Ao contrário do que o Artur Jorge fez ao Benfica em 93 depois deste ter sido campeão nacional, a taberna não muda a equipa ganhadora e vamos ainda mais longe. Mantemos a táctica. Depois do sucesso e aceitação que os vinhos da Encosta do Sobral têm tido entre os clientes da taberna, decidimos dedicar mais um tema a este produtor. Este último e o respectivo enólogo vão estar na taberna esta 4ª feira para dar a provar e explicar melhor os seus mais recentes lançamentos vínicolas.

Situada no limite Norte do Ribatejo, já muito perto de Tomar, a Encosta do Sobral juntou aquilo que de melhor a Região tem para oferecer com as possibilidades que os mais recentes desenvolvimentos da enologia dispõem para melhorar a qualidade dos vinhos. Há várias gerações que a família proprietária se dedica à cultura das vinhas e do vinho. No seu início a produção era de cariz familiar e o excedente colocado no mercado local. Ao longo dos anos verificaram-se alterações com aumentos graduais de plantação de reestruturação dos vinhedos.


Durante esta semana vamos explicar melhor os vinhos aqui nesta página. Explicações ao vivo, só na taberna.

Sopa de Aipo
Bruschetta de Mozarela e anchova
Folhado de figo e presunto
Risotto de Courgete e Vieira
Lombinho de porto recheado com azeitonas pisadas e migas de poejo