sexta-feira, 26 de março de 2010

Maria de Lourdes Modesto II (jornal i)

A jovem alentejana, que estudara economia doméstica e "nem era um ás na cozinha", tinha sobretudo personalidade. Tal como o britânico Jamie Oliver ("inimitável", diz) e Julia Child, arrisca, a maior cozinheira da televisão norte-americana, que a partir de quinta-feira vai poder ver no filme "Julie e Julia". O "The New York Times" não teve dúvidas. "Portugal's Julia Child", chamou-lhe, em 1987, num artigo de primeira página. Mais correcto seria, "America's Maria de Lourdes Modesto". Afinal, a portuguesa começou primeiro.

Julia Child já tinha 49 anos quando exibiu pela primeira vez os seus 186 centímetros de altura na TV. Estávamos em 1962. Acabava de publicar com duas amigas o livro "Mastering The Art of French Cooking". Convidaram-na a ir a um programa de entrevistas explicar como se fazia uma omeleta. E lá foi, entusiasta, desengonçada, excêntrica. Vinte e sete espectadores pediram mais. Quatro anos depois chegava à capa da revista "Time".

Deste lado do Atlântico, Modesto já era uma estrela. A terceira a nível mundial, depois de Raymond Oliver, em França, e de Françoise Bernard, no Luxemburgo. "Os espanhóis nunca conseguiram arranjar alguém que causasse tal impacto", comenta. "Peço desculpa pela imodéstia. Isto tudo já passou". Chegaram a convidá-la para contracenar numa peça de teatro com Amália Rodrigues. Domingos Mascarenhas pôs um ponto final no assunto: "Uma vedeta a representar já chega".

segunda-feira, 22 de março de 2010

Maria de Lourdes Modesto - Sul

Excerto de um artigo sobre a diva da gastronomia portuguesa, no jornal i (14, Novembro 2009):


"A diva da gastronomia portuguesa, Maria de Lourdes Modesto, 79 anos, não sabe quantas vezes contou esta história. Em 1958, quando se estreou na RTP, "num programa para mulheres", era proibido entrar nos estúdios. Mas nesse dia quebraram-se as regras. Acabou a emissão e estava rodeada de curiosos. Queriam saber quem era a "rapariga de olhos rasgados", como lhe chamaria o temido crítico de televisão Mário Castrim, que ousara chupar alcachofras em directo. No sossego do seu gabinete, o director de programas, Domingos Mascarenhas mandou saber quem era a novata - "é uma professora do Liceu Francês. Mas vai fazer outras coisas" - e decidiu no momento: "Não vai não. Só vai cozinhar".

Numa época em que "a televisão era toda engravatada", surpreendeu pela naturalidade. "Pelo factor descabelado", resume. "Não era como as outras. Não fui representar. Ia com a mentalidade de professora." E o público gostou. "Lá vem a 'alcachofrinha'", diziam-lhe na rua. Nos bastidores chamavam-lhe "maluca". Deixava cair tampas no chão e não se ralava. "Aparentemente", frisa, sentada de frente para as suas estrelícias, na casa da linha do Estoril. "Quem tem um jardim quer sempre despedir o jardineiro", desabafará. Sempre foi uma perfeccionista."

A nossa influência é a cozinha tradicional portuguesa, onde o produto é o continua a ser a base da gastronomia nacional. Já o dissemos antes e é importante repetir. Sem o trabalho da Maria de Lourdes Modesto, nem nós nem muitos poderia manter um espírito da gastronomia tradicional portuguesa.

O menu desta semana, baseado na Bíblia "Cozinha Tradicional Portuguesa" é:

Conserva de cenouras
Sopa de tomate
Carapaus alimados com batata doce de Aljezur
Xarém ou Xerém de Lingueirão
Lulas Cheias
Lombinho de porco, amêijoas e suas migas
Toucinho de céu com tangerinas de Tavira

domingo, 21 de março de 2010

Negreiros




Vejam esta entrevista do Mário Negreiros, o responsável pelo fantástico vinho Negreiros que tanto sucesso faz aqui na Taberna!

Acima de tudo nos gostamos do vinho 'Negreiros' porque é aquele que nunca falha, mesmo quando nós nos esquecemos de encomendar e ligamos no próprio dia ou então quando todos os nossos taberneiros decidem só beber Negreiros e lá se vai nosso stock!

De qualquer das formas o Mário Negreiros está sempre disponível para nós, Obrigado!

A entrevista: http://jcentrevistas.blogspot.com/2010/03/mario-negreiros-vinhos-negreiros.html

E já agora aqui fica o Negreiros twitter: http://twitter.com/VinhoNegreiros

Se repentinamente vos der a sede depois de lerem isto, contactem-nos! 2780taberna@gmail.com

segunda-feira, 8 de março de 2010

Menu de Cozinha Tradicional Portuguesa 2

Descemos ao Ribatejo e à Estremadura. Assim vamos ter:
Sopa da Pedra
Caldeirada
Bacalhau à Brás
Bife à café
Pão de Ló de Alfeizerão

Acompanhamos com alguns vinhos destas regiões.
Apareçam por cá!