segunda-feira, 25 de agosto de 2008

O regresso

O regresso dos taberneiros fazem lembrar o Regresso de Jedi nos anos 80. Tal como o Luke Skywalker que vem salvar o universo das garras malditas do Império, os taberneiros regressam para salvar a gastronomia nacional (esta foi a pior metáfora cinematográfica dada até hoje!). Até D. Sebastião foi esquecido e quando as pessoas vêem estes nevoeiros matinais de verão, não é "o Desejado" que procuram, mas os taberneiros. (mais uma metáfora histórica completamente despropositada.)
Mas aquilo que somos bons não é a escrever mas a cozinhar. E o que nos têm dito é que depois de provar as nossas iguarias, tudo o resto parece que não tem sabor.

Enfim, estamos de volta! Mais humildes, como podem reparar. Mas sobretudo, temos estado a trabalhar para melhorar e vos agradar ainda mais.

Assim sendo, temos a seguinte alteração a comunicar-vos:

Vamos passar a fazer só Menus de Degustação. E a pedido de 7 milhões e meio de pessoas (sim, é verdade, temos mais adeptos que o Glorioso) vamos abrir mais um dia. Ou seja abrimos de 3ª feira a Sábado (Só ao jantar!!). E ao Sábado continuamos abertos ao almoço essencialmente para as famílias que não podem ir à noite. Achamos mal ostracizar as famílias com filhos e priva-los de provarem as coisas fantásticas que fazemos.

As outras surpresas vão ter de vir cá para as ver e sentir.

sábado, 2 de agosto de 2008

Fechados para Investigação até Setembro

Fechamos para investigação. Mas antes merecemos umas boas férias. E por isso vamos para os Açores.
Mas sobretudo fechamos com chave de ouro! (Taberneiro que se preze adora usar frases feitas), e a prova é que a última semana já estava completa com 1 semana de antecedência. Não somos um restaurante de ocasião ou passagem para outro local. Vir à 2780 Taberna é um evento que tem de ser planeado com antecedência.

Abrimos a parte de restaurantes da Rotas e Destinos em Julho, a parte Gourmet da Blue Travel e sobretudo adoramos a crítica da Time Out.

http://timeout.sapo.pt/news.asp?id_news=1967

Estávamos um pouco receosos da visita do Lourenço Viegas, da TimeOut ao nosso restaurante, pois a sua crítica é mordaz, incisiva e acutilante (para taberneiros, até temos um vocabulário vasto...). As suas críticas na TimeOut têm mostrado ao público que na restauração alguns reis vão nus (mais uma frase feita).
É com grande orgulho que vos comunicamos que recebemos 5 estrelas na TimeOut. Somos leitores assíduos desta revista e não nos lembramos do Lourenço Viegas dar 5 estrelas a ninguém.

Fechamos para férias, investigação e também para resolver alguns problemas que sabemos e reconhecemos que temos. É difícil melhorar mais, tendo em conta as contingências, de espaço e dinheiro (os nossos preços são tão baixos para a qualidade da comida que não nos sobra quase nada para reinvestir na actividade).

Lourenço, vamos atrás das 6 estrelas.

Até Setembro. Boas férias