segunda-feira, 18 de maio de 2009

Menu Maria Bonita


Uma das medidas que o Sócrates ainda não se lembrou para ultrapassar a crise são as parcerias. Por exemplo uma parceria com Angola onde eles nos enviam petróleo e kwanzas, e nós enviamos umas missangas de St. Maria da Feira (há muito tempo que ninguém tenta esta!). A 2780 taberna, na sua senda de parcerias, continua a oferecer mais que deliciosas refeições, esplendorosos vinhos e um magnífico serviço. Oferecemos vouchers de desconto! Nas últimas 2 semanas oferecemos vouchers de desconto de 50%, para os nossos clientes verem a peça que ganhou o globo de ouro para melhor espéctaculo de teatro e agora, vamos ainda mais longe, oferecendo um voucher de desconto para a loja que está a ter mais sucesso desde que a Zara se lançou em Portugal. Falamos, obviamente, da Maria Bonita lançada esta semana no Centro Comercial Riviera.
A Maria Bonita não é apenas uma loja. É uma atitude. Uma forma de estar na vida. Uma metamorfose das feias crisálidas, que depois de entrarem na loja Maria Bonita e vestirem as suas roupas, se transformam em lindas borboletas tropicais.

E dedicado a todas as Marias, aqui vai o menu:

Sopa fria de melão e manga
Arancini de cogumelos selvagens
Alheira com grelos
Risotto de courgettes com salmão marinado em citrinos
Migas com lombinhos de porco recheados

terça-feira, 12 de maio de 2009

Sueca combina com 2780 Taberna


Já não é novidade que a fama da 2780 taberna chegou além fronteiras. Para além do Porto (não podia faltar a piadinha anti-tripeira!), de Monte-Carlo (onde o Chef Guerra fez demonstrações de azoto líquido), Itália (aquele meu amigo de Udine) e Montijo (não podemos gozar com o Porto e deixar a margem sul a rir), desta vez saímos numa reportagem de uma revista Gourmet, na Suécia. Toda a gente sabe que bom taberneiro gosta de uma boa Sueca. Agora que os Suecos adoraram a taberna, isso já não é comum conhecimento. Recebemos recentemente um grupo de Suecos, que fizeram questão de vir a Portugal só para conhecer o nosso restaurante, devido à referida reportagem (atenção que poderemos estar aqui a exagerar um pouco). Aqui fica a transcrição da reportagem que tanto trabalho nos deu a traduzir.

"Portugal é um país de contrastes muito grandes. Tanto tem coisas muito más, como as melhores do mundo. Tanto pode ter um cepo como o Miguel Veloso como um super fenómeno como o Rui Costa. Tanto pode construir uma aberração arquitéctónica como os prédios na Quarteira e fazer um mosteiro da Batalha ou dos Jerónimos. Tanto pode ter o centro comercial de St. Amaro com apenas 1 loja que está sempre fechada, como os 2 maiores centros comerciais da Europa. Tanto pode ter a roulote no estádio de Alvalade que não sabe fazer couratos, como pode ter o melhor restaurante do mundo. Neste caso falamos da 2780 taberna que é considerada por nós o melhor espaço para comer e beber do mundo que conhecemos. O Chef Nuno Barros e Chef Guerra criam manjares que nem os semi deuses gregos tinham direito de provar. A Chef Xardoné faz sobremesas apenas dignas de Afrodite e Helena de Troia (uma senhora que morava nas torres demolidas). Só para perceberem bem o talento destas, arriscamo-nos a dizer divindades culinárias, um dia mudaram todo o menu porque chegou um pescador à porta com uma corvina de 42 kg acabada de pescar. As iguarias criadas no momento com este magnífico peixe, fizeram cair lágrimas dos felizardos que as comeram."


Nota: O nosso sueco está um pouco enferrujado e não nos responsabilizamos por alguns pequenos erros na tradução. Mais uma vez, podemos ter exagerado um pouco. Mas muito pouco!

terça-feira, 5 de maio de 2009

Menu West Side Story

A 2780 taberna decidiu aplicar as novas regras de Marketing, para se adaptar à crise. Desta forma, para além do outsourcing, agora fizémos um cross selling. O menu esta semana é dedicado ao espéctaculo que está Politeama. Quem vier jantar à taberna nesta próxima quinzena tem direito a um voucher para ir ao teatro. Quem for ao Politeama pode também vir jantar à taberna, desde que consiga reservar mesa.
Nós dissemos que era um cross selling, mas nunca dissemos que seria um cross selling bilateral.

Filipe La Féria decidiu trazer para Portugal o mais célebre dos musicais de todos os tempos.
“West Side Story”, o musical dos musicais, é considerado unanimemente como a obra-prima do teatro musical americano.
Inspirado em “Romeu e Julieta” de William Shakespeare “West Side Story” transpõe a imortal história de dois jovens amantes de Verona para as ruas de Nova Iorque no final dos anos cinquenta, transfigurando o conflito dos Capuletos e Montequios na rivalidade entre dois gangues que dominavam a zona Oeste nova-iorquina.
“West Side Story – Amor sem Barreiras” é a maior aposta de La Féria numa mega produção que conta com um grande elenco de cantores, actores, músicos e bailarinos.

Por todas estas razões criámos um menú a pensar exclusivamente neste musical. Aqui vão os pratos:

  • Bruscheta de chèvre com compota de cebola vermelha (para iniciar, tal como no espectáculo é necessário comprar bilhete antes, e a Mila Santos, senhora que está está na bilheteira é muito simpática e é o prato preferido dela)
  • Indívias com ceviche de peixe à Tubarões (gang Porto Riquenho)
  • Risotto de bacalhau (porque o elenco é português)
  • Panqueca de enchidos à Jactos (Gang Americano)
  • Magret de Pato com puré e chutney de pêras (porque os índios que habitavam as caraíbas , inclusivé Porto Rico, comiam muito pato e chutney é americano. Assim juntamos os dois no final, porque também no fim do musical ficam todos amigos. Épá, já estragamos o espectáculo. Já que estragamos aproveitamos para dizer que o culpado é o mordomo!)